terça-feira, 9 de março de 2010

Arrancam tudo para plantar soja e outras monoculturas...
Arrancam tudo para pasto para gado...
Arrancam tudo e não pedem licença a nossa Mãe Terra...



Isso é um assassinato a olho nú e' ninguém' faz nada ou fala nada ou muda nada... nem as próprias escolhas diárias, afinal cada escolha tomada diariamente em relação a algum tipo de alimento consumido, ou produto comprado pode ter total relação com o tamanho do estrago feito em nossas matas - uma vez 'grossas' (densas), como já diz o nome de um de nossos estados - Mato Grosso - e 'dono' da região (assassinada) da foto acima. O próprio 'The New York Times', que publicou tal foto, diz em sua breve descrição sobre a foto: 'No Mato Grosso, Brasil, um equipamento de agricultura pesada trabalhou num mar de poeira vermelha, onde uma floresta nativa já esteve de pé, preparando o campo para o cultivo da soja. Mato Grosso significa floresta densa, e seu nome já foi uma vez real. Mas hoje em dia, esse estado Brasileiro, está globalmente conhecido como o epicentro do desflorestamento.'

O Ser Humano está cego, surdo e mudo !
O que mais precisamos mostrar ou fazer para que possamos acordar?

"Seja a mudança que você quer ver no mundo." -já dizia Gandhi.

Consciência já! Nossas escolhas diárias refletem na proteção ou destruição de nosso corpo - externo e interno.

Um brinde a vida - minha, sua e de nossa Mãe Terra!

Ursula Jahara

Um comentário:

Mariana M. Thomé disse...

Optar por ser vegetariano é uma linguagem falada para quem ama os animais e acredita que eles devem ser respeitados e não torturados para que aconteça uma cadeia que gera dinheiro para uma cúpula desonesta e vil.

Ainda assim preferir a soja faz com que você também esteja contribuindo com a matança e o extermínio.

Vivemos num mundo onde quem escolhe a sintonia com a natureza deve morrer de fome!

Mariana
www.evolucaosustentavel.blogspot.com